O “Bairro dos Poetas”: Jardim Social, Zona Leste

Por Maurílio Mendes, ‘O Bosque de Portugal Jd. Social Z-Leste1JPGMensageiro’

Publicado em 2 de fevereiro de 2014

Estive no Bosque Portugal, que é um Memorial Aberto da Língua Portuguesa, e tirei essas fotos.

Fica no Jardim Social (Zona Leste de Curitiba), um bairro que foi planejado no início dos Jd. Social Zona Leste2anos 60 pra ser moradia da elite.

Enquanto era pouco habitada/área rural a região chegou a ser conhecida como ‘Morro do Querosene’, vejam vocês.

Mas após a segunda guerra tudo mudou. Esse subúrbio, então relativamente afastado do Centro, foi urbanizado e loteado.

O ‘Morro do Querosene’ se perdeu na noite dos tempos, nasceu o ‘Jardim Social’, ciclo que aquela parte de Curitiba desenvolve agora.

Similar aos subúrbios estadunidenses que surgiam a todo vapor com a massificação do automóvel nas décadas que se seguiram a 2ª guerra mundial. Tem a segunda maior renda da cidade, atrás apenas do Batel (Zona Central).

Por isso a maioria as ruas internas do bairro são estritamente residenciais, sem nenhum comércio. Só nas grandes avenidas é que há padarias, lojas de roupas, etc.

alamedas do Bosque Portugal Jd. Social Z-L1

Alamedas do Bosque Portugal, Jardim Social, Z/L

Situação bem distinta da imensa maioria da cidade. Na classe média e na periferia, as ruas internas dos bairros são um burburinho, pulsam de gente. Mas o Jd. Social não é assim, e preferiu a calma.

Por ser uma região de renda altíssima, poucas pessoas passam a pé nas calçadas, a  maioria dos deslocamentos é por carro mesmo.

Bem, se conhece os subúrbios ianques, ainda que por filmes, o Jardim Social é bem similar, a única diferença é que ele é perto do Centro.

Jardim Social Zona Leste2

Jardim Social, Zona Leste

Do outro lado da cidade, na Zona Oeste e distante do Centro, porções de Santa Felicidade tem o mesmo perfil.

A diferença é que a ocupação da maior parte do território de Santa é recente, dos anos 90 pra cá, enquanto do Jardim é antiga.

Já o Xaxim….risos. Se aburguesou bastante, também dos anos 90 pra cá. Mas esse populoso bairro da Zona Sul ainda está a anos-luz de distância. “Xaxim Social” permanece sendo uma ironia. Não tão gritante quanto um dia foi, mas ainda irônico.

Abaixo mais cenas das calmas e residenciais vias do Social. Clique sobre que elas se ampliam, o mesmo vale pra todas.

Jardim Social Zona Leste1Jardim Social Zona Leste4Jardim Social Zona Leste3Jd. Social Zona Leste3Jd. Social Zona Leste1Jardim Social Zona Leste

……..

países que falam português Jd. Social Z-LSigamos.

A parte mais bonita do Jardim Social está materializada exatamente nesse Bosque de Portugal, as margens de um riacho. Logo na entrada há um círculo de totens (direita), cada um de um país que fala o idioma português.

Abaixo veem com mais detalhes o do Timor Leste, pequena nação que se separou, com muito custo, da Indonésia.

O Bosque é um lugar muito agradável, com suas calmas alamedas todas marcadas por mais totens países que falam português Jd. Social Z-L1contendo versos rimados de autores lusitanos e também brasileiros. Pra adentrar a área verde, cruza-se portentoso portal, pra marcar que estamos deixando o asfalto pra trás.

Natural a localização do Bosque e sua configuração, esse monumento a poesia só poderia mesmo estar no Jardim Social, posto que esse é o “Bairro dos Poetas”.

Várias de suas ruas são nomeadas por pessoas que atingiram grande vulto no trato com as letras.

Jd. Social Zona LesteA rua que margeia o bosque, já pra começar bem, é a Osório Duque Estrada.

Esse carioca é nada menos que o autor do Hino Nacional Brasileiro (em várias versões, uma delas incluso em guarani, que o idioma português aclamado no local veio sobrepujar como língua materna da terra).

http://vimeo.com/29062119

portal no Bosque Portugal Jd. Social Z-L

Portal na entrada do Bosque Portugal

http://vimeo.com/26945267

http://vimeo.com/34834157

http://vimeo.com/15593167

……….

Mais tomadas do bosque e imediações: as ruas floridas, o riacho (infelizmente poluído), os tótens homenageando os grandes escritores que publicaram sua obra no idioma português, e por aí vai. Assim é o Jardim Social, amigos.

riacho no bosque Jd. Social Z-Lesteo 'Bairro dos Poetas' - Jardim Social Zona Lesteflores e o riacho Jd. SocialBosque de Portugal Jd. Social Z-Lestealamedas do Bosque Portugal Jd. Social Z-Lpaíses que falam português Jd. Social Z-L2amarelo Jardim Social Zona Lestepoesia no bosque Jd. Social Z-L1riacho [infelizmente poluído] Jd. Social Z-Lpoesia no bosque Jd. Social Z-LBosque de Portugal Jd. Social Z-Leste2Bosque Portugal Jd. Social Z-Leste

Enfim, é isso aí galera. Mais sobre a Zona Leste de Curitiba, “Onde o Sol Nasce”:

Deus Pai-Sol/Mãe-Lua proverá

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s