os caracóis dos meus cabelos

cabelos lindos

Abril de 2012.

Por Maurílio Mendes, O Mensageiro

Todas as postagens de Marília são dedicadas as Mulheres

Levantado pra rede em 14 de julho de 2016

Publicado (em emeios) de 2012 a 2014, acrescido de material inédito.

Dessa vez começaremos pelos desenhos já publicados, resgatados dos arquivos.

tou me arrumando

Abril de 2013.

O cabelo é definitivamente a parte mais bonita da Mulher.

Não por outro motivo Marília jamais cortou o cabelo igual Homem.

Digo, ela fez isso uma vez.

Mas se arrependeu amargamente, e precisou fazer aplique pra voltar a se sentir bem.

remexendo os fios loiros

Abril de 2014.

Vamos publicar uma mensagem Homenageando as longas madeixas.

Que deixam as Mulheres materializações em carne e osso das Deusas das Miltologia.

Por isso você vê Marília em 3 versões, morena, negra e loira, remexendo o próprio cabelo.

Curiosamente, os 3 desenhos foram feitos no mês de abril, em anos consecutivos: 2012, 13 e 14.

está chegando o grande dia: façam-se preparativos.preparando o grande dia

Esse desenho é inédito, feito em julho de 16.

Pra fechar o espectro, eis uma Marília ruiva. Dona  de uma loja de vestidos de noiva, chamada alias ‘O Grande Dia’.

Nota: trata-se de ficção. Se por acaso existir em algum ponto do Brasil alguma empresa de verdade assim denominada, eu não estou fazendo propaganda.

É mera coincidência, até por se tratar de um nome óbvio pra um negócio cujo público-alvo são Mulheres que estão planejando o casamento.

ajeitando os cabelos delaIsto bem esclarecido, voltemos a falar da gravura. Também centrada nos cabelos:

Marília está justamente ajeitando o penteado de sua cliente.

Pra que ela se sinta linda, deslumbrante e desejada, e compre o vestido.

mexendo ajeitando cabelos marília depilada vestido azul morena bolsa lingerie sutiã vermelho olhos fechado olhinhos

De vestido azul e sutiã vermelho. Essa imagem pertence a outra postagem, onde Marília aprece por inteiro – ela está até de salto-alto!, o que é muito raro.

Deu certo. A cliente comprou o vestido. E depois de usá-lo no altar cortou no meio gerando uma saia e uma blusa.

Pra poder continuar utilizando no dia-a-dia seu vestido de noiva, agora transformado em duas peças.

Mais um pouco ainda sobre a cena na loja: a peruca da manequim na vitrine que está a frente foi feita com os próprios cabelos de Marília.

Como notam, ela gosta de deixar os fios bem compridos. Em uma outra oportunidade, seu cabelo estava pintado, e por isso mais escuro.

Ela mesma cortou o necessário pra fazer a peruca, e ainda sobrou o suficiente pra ela, pra inveja de sua amiga cabeleireira. 

triunfando sobre o cinza

cobradora

Marília na catraca de ônibus: de camisa cinza porque é obrigatório. Usando saias pra compensar. Saia bastante florida, alias.

Em retrato de maio de 2012, uma cobradora de ônibus.

Mais uma vez obrigada a usar uniforme pra trabalhar, mas sempre feminina apesar disso.

Sabe, aqui em Curitiba o número de Mulheres trabalhando nessa profissão teve um salto estratosférico nos últimos tempos.

Até o fim da 1ª década do século 21, o sexo feminino era uns 10% dos cobradores, no máximo.

Bela mesmo de camisa cinza

Aqui e a esquerda: repito em escala maior 2 imagens já postadas. A cobradora também está de unhas pintadas, cabelo solto e bastante bijuteria.

Era muito raro encontrar (com exceção da viação Mercês, onde sempre foi comum).

Mas de uns anos pra cá todas as outras viações contrataram um contingente enorme de Mulheres, de forma que agora elas são perto de 50% dos cobradores.

No volante ainda é bem mais raro, nas linhas regulares. Nos ônibus fretados estou vendo sempre. 

Apesar que esses dias peguei um ônibus regular da linha Jardim Ludovica (Tatuquara, na Extremidade da Zona Sul de Curitiba) e eram duas Mulheres, motorista e cobradora.

morenaEsse texto é de 2012. De lá pra cá aumentou ainda mais a participação feminina no setor de transporte coletivo.

A roleta elas tão dominando. E cada vez mais assumindo também a boleia.

Essa semana mesmo (julho de 16) peguei o Canal Belém e era uma loira motorista. A cobradora também era Mulher.

marília outra postagem: "Caracóis dos Meus Cabelos" morena ruiva lingerie preta penteando pensando brinco

A Guerra dos Sexos“: Marília penteando os longos fios. Essa imagem também é de outra mensagem, onde aparece ela fazendo toda a ‘via sacra feminina’ pra se arrumar.

Agora está ficando comum ver motorista/cobradora ambas Mulheres, as gurias tomando conta do busão.

Por conta disso, já desenhei Marília na boleia, conduzindo um ônibus urbano. E também um táxi-Fusca..

Quem trabalha em ônibus, de ambos os sexos, tem que usar uniforme cinza. Vestimenta mais anti-feminina, impossível.

Por isso aqui homenageio essas trabalhadoras que se mantém belas mesmo no uniforme. “Triunfando sobre o cinza”.

Alias, já vimos Marília duelando contra o uniforme como garçonete, caixa e segurança.

Marília loira praia depilada mexendo ajeitando cabelo brincos água maiô colorido gordinha fofinha pingente corrente colar coração

“Sereia do Mar”. Na postagem de origem ela está retratada por inteiro.

Elas cedem ao uniforme feminicida porque é preciso, mas nem assim se rendem.

Por isso essa que está aqui retratada está de saia, e saia florida ainda por cima, grandes brincos, unhas pintadas de rosa e todos os demais acessórios.

Mais uma vez, por trás de todo esse cinza bate um Coração Feminino.

Deus proverá”

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s