de Curitiba pro Mundo

busos que saíram daqui e foram circular em outras cidades.

nova iorque ny 1992 anos década 90 eua estados unidos centrão z/c prédio espelhado branco faixa azul buso lona cinza ligeirinho marcop volvo escrito categoria linha direta lataria lateral manhattan

Histórico: Nova Iorque, 1992. 4 Ligeirinhos curitibanos operaram como demonstração na maior cidade dos EUA. 2 tubos foram instalados lá pra tanto. Ao lado um branco com faixa azul da frota tradicional dessa metrópole ianque.

Por Maurílio Mendes, O Mensageiro

Publicado originalmente em 3 de julho de 2016.

Ampliado e reordenado como postagem própria em 23 de julho de 2016.

Anteriormente era parte da postagem “Demorou uma década mas o Roça Grande virou terminal de verdade“.

Tomadas da internet (créditos mantidos) pra relembrarmos os tempos idos.

Várias fotos dessa seção vieram dos sítios IvanBuss, DBPBuss, Imp Ônibus, Portal InterBussÔnibus Brasil, Bus-Planet e LitoralBus. Visite a fonte. 2 de minha autoria, informo na legenda.

BOMBA!! BOMBA!!! O INTERBAIRROS 2 AGORA VAI ATÉ A AMÉRICA CENTRAL!!!costa-rica

Atualização de janeiro de 2017: geralmente as atualizações vão no pé da página, ao fim da matéria. Mas essa eu tive que pôr no topo, e há um bom motivo.

Flagrei na internet um Caio Expresso Gabriela ex-Curitiba na Costa Rica. Detalhe: no letreiro ainda está escrito “020-Inter-Bairros 2”. Fui eu quem informei ao dono da página que o buso era daqui, e o ano de fabricação.

(No fim da matéria segue a atualização com articulados ex-Ctba no interior do Paraná. Volta o texto original, em que eu me refiro a foto dos EUA, a 1ª da página): acabamos de ver ônibus curitibanos em Nova Iorque. Mas é um caso diferente do que virá daqui pra baixo.

clbo artic laranja marcop cabral lona colombo metrop letra 'm' guaraituba maracanã buso ctba z/n terminal torino

Olhaí o Torino Volvo 18R37 da Santo Antônio no Cabral, carregando pra partir pro Maracanã e Guaraituba, Colombo.

Nos EUA esses Ligeirinhos foram só pra serem exibidos. Lerner queria mostrar ao planeta o sistema que ele estava implantando aqui.

E quer vitrine melhor que a cidade que poderia ser considerada ‘capital do mundo’?

No entanto, foi literalmente “só pra gringo ver”.

Sim, os busos curitibanos fizeram uma curtíssima linha (apenas 2 estações) no Centro de NY, por brevíssimo período de de tempo (4 dias, por aí).

18R35 18R37 Desativados buso ctba colombo clbo z/n volvo artic laranja alimentadores neobus roda pintada preta renovação frota garag vários sem identificação vendidos fora operação sistema

Renovação: algum tempo depois a S. Antônio desativou um lote de ‘carros’. Vemos a partir da esquerda o 18R35, no centro o 18R37 e a direita um Neobus que não foi vendido. Quanto aos 2 que foram vendidos, ainda estão laranjas na garagem em Colombo mas já sem as identificações do sistema da Gde. Curitiba (numeração, a letra M-RIT, etc.)

Acabado o espetáculo os Ligeirinhos prateados receberam os aplausos e entraram no navio, voltaram pra casa, onde aí sim operaram por mais de uma década.

O que aconteceu em N. Iorque não foi transporte de massas de fato, e sim uma demonstração pra burguesia, creio que a diferença está clara:

Os busões estavam lá não pro povão mas pros ‘formadores de opinião’, que nem sequer usam ônibus, nem no Brasil nem nos EUA ou parte alguma.

Registramos porque é curioso. Mas a partir de agora vamos ver outro caso:

Os busos que circularam muitos anos em Curitiba, e aí foram vendidos pra outras cidades, onde deram mais muitos pegas, como transporte coletivo de massa.

E nessa outra mensagem os que fizeram a viagem no sentido oposto, vieram usados pra Grande Curitiba oriundos de São Paulo, Belo Horizonte-MG, Recife-PE e Blumenau-SC. Por isso o nome invertido, ‘Do Mundo pra Curitiba.’

Feira Santana interior bahia buso torino marcop volvo branco padronizado faixa vermelha verde ex-ctba nordeste

Casa nova na ‘Boa Terra’. Eis o Torino que um dia foi o 18R37 em Feira de Santana-BA.

………..

Segue o texto original: lendo as legendas das fotos captaram como foi a trajetória do articulado Torino. De Curitiba a Feira de Santana, Bahia.

Na verdade foi ‘dose tripla’. A S. Antônio se desfez de 4 articulados de uma vez, e 3 foram pra Bahia: 18R35, 36 e 37.

Vemos abaixo o 18R35 no Cabral; o comboio dos 3 bichões subindo a BR-116 rumo a Feira; e por fim como ficou o ex-18R35 pintado com as cores que veio a operar no Nordeste.

Então vamos sentar o aço aqui.

CONEXÃO CURITIBA/MANAUS: DE SUL A NORTE, CRUZANDO ESSA NAÇÃO-CONTINENTE

DR111 munic buso motor central ctba artic sanfonado verde interbairros volvo lona torino farol aceso cristo rei letreiro saltado saliente teto marcopAchamos vários oriundos da capital do Paraná rodando na capital do Amazonas.

Ao lado: Torino em Curitiba, verdinho como Interbairros pela Cristo Rei.

Madurou’: abaixo o mesmo veículo em Manaus.Transmanaus amazonas ex-ctba munic buso motor central artic sanfonado volvo eletrônico torino azul amarelo livre ligeirinho marcop

Re-encarroçaram o bichão prum modelo mais novo:

Em Ctba era aquele Torino que tinha o letreiro saltado, um pouco saliente em relação ao teto.

E na Amazônia ele está redondinho – os faróis também mudaram, enfim a carroceria é outra.

comecou expressoCom nova roupagem é o mesmo ‘carro’.

Vimos acima o DR111, que já era Marcopolo em Curitiba, re-encarroçado em Manaus.

………….virou interbairros

Agora vamos ver 3 fases de um mesmo ‘carro’.

Acima, começou como Expresso vermelhinho, prefixo DR016.

Como o próprio autor do sítio Ivanbuss coloca, em 2000 foi implantado o bi-articulado no Eixo Leste-Oeste.

ex-DR112 em ManausAssim a Cristo Rei deixou de operar nessa canaleta.

E repassou a maioria dos seus articulados Expressos pra Interbairros.

A direita o que fora DR016 foi pintado de verde e virou DR112. Ainda Caio Alfa.

ex-ctba z/l amarelo lona buso sp artic branco faixa vermelha marcop torino municip paulista letreiro saltado saliente teto volvo garag santa cândida capão raso

Esse ‘carro’ não tem relação com o texto ao lado, não há foto dele em Ctba. e ele não foi pra Manaus. Bomba : DE CURITIBA PRA SP. Já com a pintura ‘Municipalizado’ da capital paulista. Veja a linha no letreiro: “203-Sta. Cândida/C.Raso”. Mais exótico que isso só um tróleibus na Argentina mas no letreiro dizer que vai pra Venda Nova, na Z/Norte de B. Horizonte!!! Eu encerro meu caso….

Fotografado no mesmo lugar e posição do DR111.

E como o DR111, o DR112 também foi re-encarroçado, e também foi pra Manaus.

Só que a mudança foi mais radical.

De Caio ele virou Marcopolo. Filma acima o bichão ‘Azulão’ em pleno Amazonas!!!

Mas agora segura o que está por vir:

Nada menos que 6 fases distintas de um mesmo ônibus.

4 cidades. 2 estados. Um busão rodou nada menos que:

curitiba/londrina/maringá/manaus: da capital pro norte do paraná, dali pro norte do brasil

explicação buso sítio internet página portal maringá artic mgá ex-ctba pr interior paraná suburbano amarelo garcia marialva lona busscar bicudo bicudinhoNOTA IMPORTANTE: me baseei numa postagem do sítio IvanBuss pra contar a história do LR008. Acesse:

http://ivanbuss.blogspot.com.br/2011_04_01_archive.html#!

Lá eles informam que o veículo fotografado pela Garcia em Maringá não é exatamente o mesmo mostrado antes em Curitiba.

Provavelmente não há registros dele no interior.

Assim puseram um do mesmo modelo, apenas pra ilustrar. Isto esclarecido, a história está correta.

ctba-4

DE CURITIBA A FOZ DO IGUAÇU: aqui na capital pela Glória, ligando o Boa Vista na Zona Norte ao Bairro Alto na Zona Leste

Em 5 tomadas da sequência acima é o mesmo ‘carro’.

Da 1ª a 4ª,e também a 6ª. Amplie pra ver que é sempre a mesma placa, AHV-0970.

E também o irmão que fotografou em Manaus informa os antecedentes:

Que pertenceu a Viação Curitiba, Grande Londrina e Cidade Canção aqui no Paraná.

Clicado em todas essas fases, 2 vezes em Curitiba.

Aí o sítio Ivanbuss complementa:

foz-4

… e depois pela Expresso Cidade de Foz, na Fronteira.

Além do municipal em Maringá ele fez também ‘suburbano’ ali pela Garcia.

Mas nesse caso não foi fotografado, substituíram por um de mesmo modelo.

Registrado o adendo, falemos um pouco mais do  Busscar que começou como LR008. Um ‘bicudinho’.

Modelo raro, que foi comum em sua cidade-natal (Joinville-SC) mas esparso nas outras cidades.

Curitiba teve um deles, como veem. Pela extinta Viação Curitiba. Começou como Interbairros.

JR101 buso artic ctba pr paraná verde lona busscar interbairros 4 scania água

DE CURITIBA PRA JUNDIAÍ: o texto ao lado continua falando do Marcopolo que foi de Curitiba a Manaus. Nas fotos (com suas legendas) nós vamos vendo outro ônibus que migrou pro interior paulista. Um Busscar, JR101 da finada Água Verde. Mais um Interbairros em Curitiba, verdinho,verdinho.

Também verdinho portanto, mas esse ‘madurou’ aqui em Curitiba mesmo, ‘vermelhou’:

Abriram duas portas mais altas (aptos a operar nas plataformas com embarque em nível).

E ele encerrou seus dias na capital paranaense como Expresso.

Quando os eixos de Expresso foram sendo transformados com a implantação dos tubos, no início adaptaram alguns ônibus que já estavam no sistema:

Eles tinham 4 portas pra embarque a nível do solo, e catraca.

Excluíram a roleta e as 3 portas traseiras (mantiveram a dianteira pro motorista entrar, mas os passageiros não a utilizavam).

jundiaí sp interior paulista amarelo Ex-ctba buso artic busscar

Como ele madurou? Esse ‘amarelou‘ mesmo. O ex-JR101 em ação em Jundiaí-SP.

E no lugar implantaram duas elevadas, no nível da plataforma do tubo. Uma forma de transgenia.

Assim, só havia uma porta pra embarque e outra pro desembarque, obviamente uma solução precária.

Por isso, como disse, esses ‘carros’ adaptados sobreviventes da era pré-tudo operaram por um tempo nos tubos.

Mas somente nos horários de pico, como reforço pros bi-articulados. Na mensagem original, da qual essa foi desmembrada, há a cena de um buso que passou por adaptação idêntica em ação no terminal, onde vemos as portas.

buso rio-mafra outra postagem: "de Curitiba pro mundo" amarelo marcop faxinal ex-ctba negro eletrônico

DE CURITIBA PRA “RIO-MAFRA”. Esse e o da esquerda, fotos de minha autoria. Como a pintura foi mantida, é “Tabela Trocada”.

E nessa outra postagem foto de ainda mais um. Essa tomada é pela direita, em boa definição com ele vazio na garagem. Assim tudo ficará bem ilustrado.

Até aqui falamos do ‘Antes/Depois’ do LR008 ainda dentro de Curitiba. Mas já viram nas fotos  como ele ficou amarelado, azulado, prateado, e por fim novamente esverdeado:

Quando estive no Amazonas lhes relatei, lá recebiam carros do Brasil inteiro, e muitas vezes não era sequer re-emplacados.

Vi em Manaus ônibus com placas de Curitiba, Porto Alegre, Rio de Janeiro e muitas outras cidades.

buso rio-mafra outra postagem: "de Curitiba pro mundo" eletrônico amarelo marcop cinza ex- campo largo z/o ctba rio negro viale faixa interior paraná sc pr catarina divisa

Esses 2 amarelos operam em “Rio-Mafra”, a cidade-gêmea Rio Negro-PR/Mafra-SC. Com pintura da Grande Curitiba? Sim, a Viação Campo Largo comprou a empresa local, agora os que saem da capital paranaense e região têm um segundo ciclo na divisa PR/SC. Por isso um deles inteiro amarelo no padrão de Curitiba (inclui algumas linhas metropolitanas) e esse aqui pintado na padronização municipal de Campo Largo, Zona Oeste. As placas ainda são de C. Largo.

Veja bem. Não é que o primeiro licenciamento foi em outro lugar, e aí transferiram pra lá. Não.

Nem sequer transferiram. Estava escrito na chapa “PR-Curitiba”, “RJ-Rio de Janeiro”, etc.

Em alguns casos re-emplacaram em Manaus, mas em outros não.

Mas atenção. Minha viagem foi em 2010.

Relatei o que era verdade na ocasião, pois foi o que vi com meus próprios olhos. Na época o transporte coletivo em Manaus era uma zona.

Vários ônibus circulavam quebrados (por vezes até vidros estilhaçados, e passei pessoalmente por essa situação).

Cada empresa pintava como queria, e – o surreal do surreal – em algumas viações se entrava pela frente, em outras por trás.

porto uniao

Voltam as imagens puxadas da rede. A Divisa PR/SC tem 2 ‘cidades-gêmeas’. A outra é ‘Porto União da Vitória’: Porto União-SC/União da Vitória-PR. E lá a C. Largo (com o nome-fantasia Piedade) também encampou a viação local. Assim ex-Grande Curitiba com pintura de Campo Largo dos dois lados da divisa estadual:  em Porto União, Santa Catarina…

Só que de lá pra cá o transporte coletivo manauara passou por grande onda de modernização.

Chegaram centenas de ônibus novos, sendo dezenas de articulados.

Padronizou-se a pintura e a entrada pela frente.

Então creio que as tristes cenas que vi não se repetem mais.

Ou certamente foram em muito amenizadas. Que bom, mas quando eu fui lá ainda não era assim.

Seja como for, taí o Torino em pinturas e carrocerias distintas (na Amazônia adaptaram até portas na esquerda pra cumprir linhas do ‘Ligeirão’ local).

Mas o mesmo carro: de Curitiba pra Manaus, Amazonas.

uniao da vitoria

… e também em U. da Vitória, Paraná: DE CURITIBA PRA ‘PORTO UNIÃO DA VITÓRIA, SC/PR’ – com “Tabela Trocada”.

Via Londrina e Maringá (nesse caso municipal e suburbano).

ATUALIZAÇÃO: DE CURITIBA PRA FOZ DO IGUAÇU (E ALGUNS AINDA TIVERAM CICLOS NO ESTADO DE SP)

Essa 1ª atualização se deu no mesmo dia que a postagem foi pro ar (23/07/16). Vários ex-Curitiba em Foz, no Oeste do Paraná.

Começo por um que foi da Redentor. Não há fotos dele em Curitiba. Mas na sequência o mesmo veículo em:

1) Foz do Iguaçu, extinta Viação Morena, indo pra Porto Meira, Zona Sul; 2) São José dos Campos, interior de SP, Viação São Bento; 3) Grande SP, Viação Ribeirão Pires, ligava esse município a São Caetano, já na padronização EMTU, outro Volvo Azulão.

ctba-5Bem mais pro alto na página já vimos 1 Busscar da Glória que foi pra Expresso Cidade de Foz. Aqui vão mais dois: 

A esquerda o BA062 na capital:

linha Alimentadora que também sai do Terminal Boa Vista pro bairro Rio Verde, no vizinho município de Colombo.foz-5

Escrito ‘Cidade de Curitiba’ e operado por viação municipal porque até 2015 os sistemas municipal e metropolitano eram o mesmo;

Ao lado  o mesmo ônibus, agora 4106 no interior do estado.

……….

ctba-3Agora em laranja o BA063 na capital;

A direita, um pouco depois, em Foz virou o 4107. O detalhe curioso está no letreiro: “Linha 210”. 

Em Foz a maioria das linhas têm nome, mas algumas são numéricas, como notamos. 

Na imensa maioria das cidades as linhas são batizadas com o nome dos bairros (e/ou terminais) que elas servem.foz-3

Mas em algumas poucas cidades as linhas não têm nome, e sim números. Em Santos-SP  foi assim, na Itália também.

Agora com o letreiro eletrônico essa característica se diluiu, mas foi muito forte um dia.

foz-1No entanto, a cidade ter algumas linhas com nome e outras numeradas é raríssimo.

Flagramos esse caso em Foz, em Araucária, na Gde. Curitiba, ocorre o mesmo.

Soltamos mais um articulado ex-Curitiba. Foi o BR008 da Glória. Não há registros dele na capital.grande sp-1

Em Foz (esse repintado de branco com faixa azul) o 750 da finada Irmãos Rafagnin, visto ao lado.

Também rodou na Grande São Paulo, igualmente no Grande ABC.

Da Viação EOSA, ligando Mauá a São Caetano, fotografado a direita.

ctbaATUALIZAÇÃO SETEMBRO.16: DE CURITIBA P/ FLORIANÓPOLIS

Esquerda: articulado Marcopolo/Mercedes Benz ligando Araucária ao Terminal Capão Raso, tudo na Zona Sul da Grande Curitiba. Direita: O mesmo bichão ainda fazendo linha metropolitana. Mas agora em Florianópolis-SC. fpolis

Detalhe: Aqui na Gde. Curitiba era ligeirinho. Portanto do lado esquerdo é que são as 3 portas na configuração urbana, com 2 folhas – elevadas em relação ao solo pois usadas em plataformas com embarque em nível.

Do lado direito do ‘carro’ só há 2 portas de emergência, em condições normais só usadas excepcionalmente, quando o buso quebra ou o tubo está interditado. Ainda por cima são em configuração de viagem, 1 folha que abre pra fora.

fpolis-ex-ctbaPois bem. Não adaptaram o veículo, abrindo mais 1 porta a direita. Está operando assim mesmo, com embarque e desembarque pelas portas de emergência do lado direito.

Um articulado com apenas 2 portas, e ainda portas estreitas que demoram a abrir. Em vez de facilitar a vida dos passageiros está dificultando. Vai entender….

registro histórico: viação colombo operando em toledo-pr, anos 80

Pensa que acabou? Então segura essa (Fonte: Clube do Ônibus Monteiro):

2 da garagem da Viação Colombo, ainda com a pintura usada aqui na Grande Curitiba.

Porém operando em Toledo, no Oeste do Estado.colombo em toledo1

Eu não sabia que a Colombo havia tido essa filial no interior. Mas a imagem é clara.

Veja o nome das linhas nos letreiros: Jd. Porto Alegre, Sadia, Coopagro, V. Industrial, Pioneiros. 

Bairros de Toledo. Ademais, está escrito ‘Cidade de Toledo’ na lataria, a frente da picape Fiat.

JR106De Curitiba a Toledo. E dessa vez a frota toda.

A descoberta dessas fotos gerou nova postagem, ‘Viagem pro Passado: a Garagem da Colombo nos anos 80 (e outras raridades)’.

Há várias fotos da frota dessa viação, dessa vez da matriz aqui na Grande Curitiba. Clique na ligação pra conferir.ponta grossa

DE CURITIBA P/ P. GROSSA. E… DE VOLTA PRA CURITIBA

Essas últimas 3 fotos vêm da página Ônibus de Curitiba.

JR106 aqui em Curitiba, finada Viação Água Verde. Leiloado, arrematado pela Viação Iapó, foi pro interior fazer suburbano na região de Ponta Grossa.

de volta a ctbaPorém voltou pra Grande Curitiba. Pra Viação Colombo. Puxa a linha Guadalupe/Roça Grande.

DE CURITIBA PRA BLUMENAU. E … DE VOLTA PRA CURITIBA

Mais um caso similar: Um Caio Volvo foi vendido zero pra Santo Antônio, de Colombo, Grande Curitiba (dir.).5-colombo

Foi alias um dos primeiros Volvos ‘cabritos’, com motor dianteiro (nessa outra postagem vemos ele ainda sem placas).

A seguir foi pra Blumenau (esq.). E retornou a Grande Curitiba, agora pela Viação do Sul (última imagem da página).

5-blumenauEsses dois últimos busos começaram em Curitiba, saíram e depois voltaram pra cá.

Me refiro, claro, ao Caio Volvo pitoco que passou por Blumenau e o Scania Marcopolo que visitou Ponta Grossa,

Por isso eles também estão na mensagem ‘Do Mundo pra Curitiba’, que mostra a mão oposta.5viacao-do-sul

Alias desse Caio há nada menos que 7 fotos lá, essas 3 e outras 4 não mostradas aqui.

……..

Segue a atualização de janeiro.17. Esquerda: a linha pro Boqueirão foi esticada até a cidade de Realeza, a 542 km da capital???

realeza1Claro que não. É que a prefeitura de lá comprou alguns articulados e bi-articulados usados daqui.

A direita vemos o antigo BR010 operando em Curitiba. Parado na linha Carlos Gomes, fazendo a linha Boqueirão. Mas no letreiro está escrito “Especial”.

Acima, como dito, puxando linha da ‘Saúde’ (portanto não é transporte urbano regular) em Realeza. Paradoxo, não? Quando está na linha Boqueirão, isso não vem no letreiro.gloria

E quando saiu do sistema da capital, está perto da fronteira com a Argentina  a mais de 500 km daqui, aí eles descobrem que havia a palavra ‘Boqueirão’ na lona de itinerários. Coisas da vida….

estacao_tubo_realezaTe acalma aí que a conexão Curitiba-Realeza está só começando.

Como percebemos ao lado, essa pequena cidade de apenas 16 mil habitantes tem bi-articulados operando em estações-tubo. realeza

Portanto agora sim os vermelhões ex-Ctba. na ativa no interior, em linhas urbanas normais, abertas a todos os passageiros.

gloria1Vemos agora o bichão de lado. No lugar do “Cidade de Curitiba”, só apagaram no nome da capital e puseram “Realeza” no lugar”, aproveitando inclusive o “Cidade de”!!!

A esquerda quando ainda estava em Curitiba, nos fundos da UFPR. Aqui ele era o BD122, lá virou BDO122.

8071 lona circular buso ctba frota pública volvo ciferal artic verde siqueira campos pr interior roda FR071 alvorada ex- ctba urbs chapa branca

DE CURITIBA PRA SIQUEIRA CAMPOS-PR: esse é um ex-Frota Pública. Em outra matéria reproduzo um levantamento da ‘Folha do Omnibus’ que mostra detalhadamente o destino dos 88 articulados ‘chapa branca’ da capital.

Mais casos de “Tabela Trocada”. Alias, atualizei também essa postagem, confira.

……….

Publicado mais um capítulo da “Enciclopédia do Transporte Urbano no Brasil”.

Sempre relatando como é a busologia no Brasil e na América, 

Eu Sou O Mensageiro.

“Deus proverá”

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s